Aqui escrevemos parte da nossa história

A paixão pela tradição e pela nossa identidade levou-nos a recriar peças com design, adaptando-a à mulher atual e apaixonada pela vida.

O primeiro produto recriado foi o Bioco, uma peça associada ao mistério. O Bioco era um trajo mítico do Algarve, era usado como forma de libertação da mulher portuguesa. Esta capa de vestuário feminina foi proibida no final do séc. XIX o seu uso nas ruas e templos, por permitir ocultar a identidade de quem a usava.

Vários escritores portugueses narraram várias considerações acerca do Bioco, devido ao seu misticismo, desde Raul Brandão a José Saramago (…).

Recriamos o Bioco em três modelos de capas de vestuário feminino (Bioco Mistério, Bioco Paixão e Bioco Tradição). Para que não se esqueçam da história, nas capas pode-se ler a história do Bioco contada no seu forro.

Imaginamos novas linhas, atualizando o desenho inicial e tornando-o mais contemporâneo e elegante. Os Biocos são confecionados em diferentes cores e materiais desde denim, algodão, lã, lã reciclada, impermeável, veludo, (…) com padrões exclusivos, ligados a artistas, fazendo com que as capas se possam usar tanto na primavera como no outono-inverno.
As nossas écharpes são padrões exclusivos, assinados por artistas.
Mais recentemente a marca Bioco Tradition surge com mais uma peça recriada, o Gabão, que é uma simbiose entre os trajes medievais, monástico, franciscano e civil, com raiz mediterrânico, foi conhecido e usado entre os romanos e muçulmanos.

Saiba por onde fomos deixando a nossa Marca

O Bioco

“Se existe no Algarve um trajo verdadeiramente mítico, esse é o bioco. Proibido em finais do século XIX, foi cantado pelos poetas, protagonista de acesas polémicas jornalísticas e largamente utilizado como bandeira pelos ideólogos da Região no período do Estado Novo. (…)

Tamanha repercussão permitiu a “construção” de uma imagem fantasiosa que ainda hoje pertence ao imaginário popular da região.

Apesar de considerarmos que “nenhum trajo popular se pode considerar absolutamente autóctone, nem invariante, embora todos o pareçam”, o bioco algarvio é talvez um dos raros casos de um trajo verdadeiramente popular desta região.”

in P.e Duarte, José da Cunha e Sancho, Emanuel:Traje do Algarve, Museu Nacional do Traje, 2001.

“É um trajo misterioso e atraente.”

“ … Desaparecem e deixam-nos cismáticos.”

“[…]deixando-nos uma impressão de mistério e sonho[…]”

“De quem são aqueles olhos que ferem lume?”

Raul Brandão, Os Pescadores,1922

Estamos a fazer História

Testemunhos

" I was in love with this capes by BIOCO TRADITION "

Alexandra MarquesBlogger

Bioco Tradition was selected from a very competitive group of businesses to participate in the Connect to Success’ Corporate Mentoring Program, not only for the quality, beauty and functionality of its products but also for the company’s tremendous growth potential. And I know why, first hand, as my red Bioco cape is one of my “go to” pieces - it is unique, stylish and warm, all in one!

Kim SawyerPresident & General Counsel

O Bioco Tradition foi amor à primeira vista para mim. Quando vi o modelo verde seco, tive de comprar imediatamente. Alem de sonhadora sou consultora de imagem, reconheço uma peça de qualidade a primeira vista. As Parkas são uma tendência, mas como eu gosto de adaptar as tendências ao meu estilo pessoal achei que este bioco tinha sido feito para mim. Adoro-o! Permite-me estar bonita e confortável com algo nosso. Adoro a história da peça e a peça ainda mais.

Carina VanstalleConsultora de Imagem